5 Passos para sua reeducação alimentar

blog2

30 abr 5 Passos para sua reeducação alimentar

Alimentar-se forma saudável e com disciplina não é uma tarefa fácil. A praticidade da compra de produtos prontos, congelados, além da rotina estressante, faz com que não tenhamos muito tempo para nos dedicar à nossa alimentação. Aprenda em cinco passos como reeducar sua alimentação:

1. Mastigue mais devagar

Reduza a velocidade da sua alimentação e faça refeições mais demoradas. Nosso organismo demora em torno de vinte minutos para gerar saciedade, por isso, se você come muito rápido, já ingeriu grande quantidade de comida neste período. O ideal é que você mastigue aproximadamente quarenta vezes cada garfada. Além disso, você realmente irá saborear o alimento, aproveitando a refeição com mais prazer, sem comer compulsivamente.

2. Hidrate-se constantemente

Beba no mínimo dois litros de água por dia, mas, se possível, beba bem mais do que isso. A hidratação é fundamental para o bom funcionamento de todo o organismo, especialmente se você quiser começar uma rotina de exercícios junto com a reeducação alimentar. Para praticantes de atividades físicas, a ingestão deficiente de água afeta o volume de sangue e a frequência do coração e pode diminuir o desempenho nos treinos. Por isso, evite este problema hidratando-se constantemente.

3. Distribua suas refeições ao longo do dia

O ideal para uma alimentação adequada é fazer cinco a seis refeições por dia: café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia. Inicie com um variado café da manhã e faça a outra refeição três horas depois, seguindo este ritmo ao longo do dia. Nas refeições de lanche prefira frutas, iogurte e biscoitos integrais, deixando alimentos mais leves para jantar e ceia. Evite comer depois das 21h. Desta forma, você não comerá grandes porções nas refeições principais, já que a ideia é não ir à mesa com muita fome.

Se você trabalha em um lugar que não tenha geladeira ou local para refeições, tenha sempre na bolsa ou na gaveta um pacote de frutas secas, como castanhas, barrinhas de cereal sem chocolate ou uma fruta de consistência mais dura, que possa ficar sem refrigeração. Estas são boas sugestões para os lanches saudáveis.

4. Atente-se para a montagem do prato

Nada de se privar na hora da alimentação. Nosso organismo precisa de nutrientes de todos os grupos alimentares e é sua tarefa distribuí-los nas refeições. Para o almoço e jantar, coloque verduras e legumes na metade do prato, deixando metade da outra parte para proteínas (carne, feijão, ou lentilha, por exemplo) e completando com carboidratos (arroz, macarrão, batata-doce, etc.). Dê preferência para carboidratos integrais.

5. Coma várias porções de fruta

Tão importante quanto os outros grupos alimentares para uma rotina saudável, as frutas devem constar diariamente em seu cardápio. Você pode comê-las como sobremesa, como lanches ou em saladas. Elas são ricas em vitaminas, sais minerais e antioxidantes, todos ingredientes importantes para a preservação de nossa saúde, além de contribuir com o emagrecimento. O ideal é que se coma de três a cinco frutas por dia, mas, se você não está acostumada a consumir este tipo de alimento, pode iniciar sua reeducação alimentar com duas frutas diárias e ir aumentando o consumo gradualmente.

Outra forma de ingestão da fruta, ainda mais para criar o hábito, é o suco natural de frutas, que são batidas com água no liquidificador. Você pode usar sua criatividade e fazer um mix com várias frutas. Desta forma, além de consumir o alimento, você agradará o seu paladar com novos sabores. Nosso país é rico na diversidade de frutas, por isso você pode adquirir vários exemplares para consumo e benefício próprio e de toda a família.

Créditos: www.bspharma.com.br

istrata
istrata@istrata.com.br