Miofibrólise

Sobre este tratamento:

Desenvolvida no Brasil desde 2005, a Miofibrólise Percutânea é um método de tratamento não invasivo, que intervém sobre as fibroses e contraturas funcionais do tecido muscular, com o objetivo de livrar o movimento de grande parte das dores, sejam traumáticas ou inflamatórias.

 

Esta técnica é uma evolução moderna da Fibrólise clássica de Ekman, também conhecida como “CROCHETAGEM Mioaponeurótica”, que surgiu na Europa, em especial na Itália nos anos 90.

 

As indicações para a realização do método são variadas e alguns exemplos mais frequentes são as aderências cicatriciais pós-cirúrgicas, neuralgias por irritação mecânica e dores provocadas por fenômeno inflamatório ou traumático do aparelho locomotor, entre outros.

 

“Através deste método é possível aumentar o aporte sanguíneo, romper aderências, aumentar a amplitude de movimento e reduzir à dor”

 

Indicações: Cicatrizes (novas ou antigas); Edema; Algia em trapézios ; Cervicalgia; Trigger Point; Dorsalgia; Lombalgia Crônica; Escoliose; Cervicobraquialgia; Hérnia de Disco; Es- pondilose Lombar; Dores Crônicas; Compressão Radicular; Bursite ; Tendinite; Capsulite Adesiva; Estiramento Muscular; Recuperação Muscular ; Contraturas; Entorses; Pós- Operatórios (Joelho, Tornozelo, Quadril, Ombro, Cotovelo, Mão e Coluna).